Quais conteúdos devo priorizar para fins de concurso público?

Quais conteúdos devo priorizar para fins de concurso público?

Priorizar os estudos para aquele concurso que tanto almeja pode se tornar um desafio também. Saiba quais são os estudos obrigatórios, de acordo com as carreiras jurídicas mais disputadas do país

 

É muito comum que, depois que você se forma bacharel em Direito, os estudos para os concursos públicos se iniciem mais que de imediato.

Atuar na área e, ao mesmo tempo, se preparar para o certame pode não ser fácil. Ainda mais quando você não consegue estudar por horas a fio como deveria.

Possuir bagagem de concursos anteriores, bem como manter o estudo e atualizações jurídicas regulares em sua rotina, são essenciais.

Porém, a maioria dos estudantes ainda possui dúvidas do que realmente é preciso priorizar dentre os inúmeros conteúdos que são exigidos nas provas.

Optar por uma disciplina específica, considerando editais passados, certame escolhido e o tempo para estudo, exige alguns cuidados e uma certa atenção se deseja ver seu nome na lista de aprovados.

Se você se identificou com o problema e está perdido na sua preparação, saiba que neste artigo você vai encontrar dicas de estudos e temas que regularmente caem nas provas.

Acompanhe!

LEIA MAIS

 

Quais conteúdos priorizar para concurso público?

1- Edital

Saiba que, para ter noção do que cai normalmente nos certames, você deve consultar editais antigos.

Por exemplo, os concursos para a carreira de Juiz contam com 14 disciplinas base. Dessa forma, é imprescindível que você as estude e tenha conhecimento desses temas. 

Nas provas de Delegado de Polícia, cinco matérias são de estudo essencial, caso queira ter sucesso nas provas: Direito Penal, Legislação Penal Extravagante, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Administrativo.

Logo, o tempo investido em cada disciplina deve ser ponderado conforme a relevância dela nos últimos concursos. Isto é, não se deve investir o mesmo tempo para se dedicar a uma das disciplinas sem essa análise prévia. 

Procure adotar um planejamento de estudos em que use materiais atualizados conforme os certames dos últimos anos. Possui dificuldades e dúvidas quanto a isso? Não deseja arriscar? 

Por meio da adoção do método VIPJUS, uma verdadeira organização de sua rotina de estudos, você não perde tempo estudando conteúdos defasados que já não irão cair.

E ainda consegue um planejamento adequado de estudos. Considere o seu tempo disponível e as disciplinas  cobradas, proporcionalmente ao peso de cada uma delas na sua prova.

Assim, você se preocupa apenas com o estudo em si, deixando as demais atividades nas mãos de professores renomados do curso.

2- Tempo

A organização dos estudos depende da rotina e tempo disponível de cada um. Alguns concurseiros têm uma carga de trabalho intensa, outros conseguem ter dedicação total aos estudos. Isso é um dos fatores fundamentais para se considerar no momento de elaborar qualquer planejamento.

O ideal seria fazer uma leitura de todos os conteúdos, informativos e súmulas na íntegra. Apesar disso, concurseiros que conciliam estudos e trabalho possuem o tempo limitadíssimo. Então, produzir resumos, táticas de memorização e assistir a videoaulas, enquanto se desloca do trabalho para casa e vice-versa, pode formar uma base inicial para ser explorada e aprofundada mais tarde.

Dessa maneira, tente se manter atualizado ao ler informativos de jurisprudência dos últimos três anos.

Separe ao menos 15 minutos para as revisões dos pontos estudados e um tempo final para resolver questões. 

No VIPJUS, você encontra uma preparação exclusiva com ferramentas de organização diária de seu estudo, tudo respeitando seu tempo e necessidade, e claro, se atendo sempre às suas maiores dificuldades.

E você? Quer ver seu nome na próxima lista de aprovados do seu concurso? 

DESCUBRA AQUI COMO ALCANÇAR A TÃO SONHADA APROVAÇÃO

3- Mais de um concurso

Se você pensa em prestar mais de um concurso público ao mesmo tempo, busque aqueles que têm a maior parte das disciplinas em comum, viabilizando uma preparação de estudos conjunta. 

Sem falar que prestar mais de um concurso é ganho de experiência para o aluno.

Isso porque o concurseiro já tem noção do tempo que leva para responder cada questão, o funcionamento da prova, consegue entender as diferenças entre as bancas organizadoras e é capaz de superar o nervosismo comum aos novatos de plantão. 

Para conseguir ter êxito, lembre-se de que cada questão que você erra e cada etapa não superada também servem como lição.

Você consegue tirar vários aprendizados nos concursos que reprova e, quando a prova certa chegar, tenha certeza de que estará preparado. 

Agora, aproveite para ter em mãos, de forma totalmente gratuita, o mais completo guia definitivo para Concurso Público: 10 atitudes infalíveis para um estudo organizado e produtivo!

Aqui, você terá acesso ao passo a passo para a construção de uma rotina sólida de estudos, comum a todo aprovado que um dia já esteve na sua situação.

QUERO BAIXAR MEU GUIA DE ESTUDOS

E você, já conhecia o método VIPJUS? Faça sua pré-reserva gratuitamente agora e garanta o seu lugar nas listas de aprovados!

 

Leia mais: Conheça os direitos da pessoa com deficiência em concurso público

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

About The Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Newsletter

Share This